Gerindo as organizações >>>Capítulo 9: Comunicação=


Segundo o livro de leitura obrigatória da matéria de organizações, a definição de comunicação é a seguinte (texto adaptado pelo grupo): "A torca de idéias, emoções, mensagens, histórias e informação por diferentes meios. Esta forma de comnicação pode ser Intencional, tal como um carata escrita com cuidados, com foco e destinatário específico; ou Involuntário, como as inferências feitas por outras pessoas a respeito da linguagem corporal de alguém."
Nesta breve definição de comunicação, podemos adicionar conceitos, definições e exemplos da matéria Comunicação, Semiótia e Retórica. A comunicação é utilizada para transmitir mensagens entre um Emissor e um Receptor. Para isto, o emissor utiliza um canal apropriado e o código precisa ser comum entre os dois personagens, pois é ele quem permite que a mensagem seja corretamente interpretada ou decodificado. Neste esquema de comunicação, podem surgir os ruídos, que não permitem que a mensagem seja transmitida de maneira clara e com qualidade. A seguir citamos exemplos de cada um destes conceitos:
  • Código: língua portuguesa, um americano não iria conseguir interpretar e compreender (ter sentido) a mensagem de um discurso do presidente Luiz Inácio.
  • Canal: o Wiki de organizações é uma iniciativa da FGV para tentar encontrar um canal comum e de fácil acesso para todos alunos para poder transmitir suas mensagens.
  • Ruído: quando um aluno sai da sala e bate a porta com força, todos outros acabam se desconcentrando e desviando a atenção por instantes da mensagem que o professor que está passando, o que caracteriza um ruído.
estrutura_de_comunicacao.JPG

Compreendida a estrutura da comunicação, podemos delinhar um roteiro para uma boa comunicação, que inclui: conteúdo e qualidade da mensagem, foco no receptor, adequação de linguagem, correção e adequação da forma e a oportunidade do veículo ou canal.
**Dentro das organizações** , a comunicação é um ponto fundamental para dar alinhamento estratégico conforme uma cultura definida (comunicação interna), para a organização transmitir no ambiente externo uma imagem ideal; desta forma, tem-se o trabalho mais eficiente, ocorrendo de forma mais rápida, sem re-retrabalho e sem desalinhamento que possam causar intrigas, além de uma imagem mundo a fora segundo os objetivos da organização, o que traz resultados mais tangíveis para a empresa. Por fim, a comunicação é uma ferramenta estratégica que contribui para a remoção de ruídos e barreiras, proporcionando visibilidade às atividades e ações da empresa, seus produtos e serviços, além dos projetos desta mesma.
Comunicação e estratégia é um outro ponto extremamente relevante, pois é na missão, visão e valores da empresa que se adquiri um sentimento de consenso entre ou funcionários adquirindo, assim, uma identidade à própria organização.

Grupo11: Italo, Júlio, Marcelo de Sá, Luiz Felipe


Contribuição:
Grupo 5: André Boesso, Caio Siemionko, Leonardo Natali e Matheus Braz
Charge_Cultura_organizacional.jpg
Encontramos esta charge e a achamos interessante pois está diretamente relacionada com o tema de comunicação nas empresas.
Por mais que o tema da charge seja exagerado, ela mostra claramente como a falha na comunicação pode afetar os rumos de uma organização. A comunicação mal feita é aquela que não deixa claro seus objetivos, o que pode levar a diversas interpretações pelas pessoas envolvidas.
A comunicação é a base para o alinhamento da cultura organizacional, que por sua vez se transforma no alinhamento dos interesses e objetivos da organização; se esta não for pensada cuidadosamente, pode levar a erros interpretativos, como o da charge, e até o surgimento de um clima instável dentro do ambiente de trabalho.

Grupo 12: Clara Verdier, Fabiana Lang, Fernanda Jaquetto e Isabela Bara

Ainda dentro do que está sendo discutido no tópico acima,a respeito dos danos que uma comunicação mal feita podem gerar em uma empresa, temos o caso em que a falta de comunicação ou até mesmo o caso em que informações relevantes não são transmitidas às pessoas de uma organização causando danos para mesma.
A esse fenômeno damos o nome de Assimetria de Informações, isso ocorre quando um agente ou um grupo deles detêm algum tipo de informação que não está no domínio coletivo e pode ser usada estrategicamente com o intuito de obter resultados vantajosos para o grupo que detém tal informação.
Para ilustrar o que foi dito acima, temos o caso da Enron:

"A Enron Corporation era uma companhia de energia estadunidense, localizada em Houston, Texas. A Enron empregava cerca de 21.000 pessoas, tendo sido uma das companhias líderes no mundo em distribuição de energia (electricidade, gás natural) e comunicações. Seu faturamento atingia $101 bilhões de dólares em 2000, pouco antes do escândalo financeiro que ocasionou sua falência.

Alvo de diversas denúncias de fraudes contábeis e fiscais e com uma dívida de US$ 13 bilhões, o grupo pediu concordata em dezembro de 2001 e arrastou consigo a Arthur Andersen, que fazia a sua auditoria. Na época, as investigações revelaram que a Enron havia manipulado seus balanços financeiros, com a ajuda de empresas e bancos, e escondeu dívidas de US$ 25 bilhões por dois anos consecutivos, tendo seus lucros inflados artificialmente.

O governo dos Estados Unidos abriu dezenas de investigações criminais contra executivos da Enron e da Arthur Andersen. A Enron foi também processada pelas pessoas lesadas. De acordo com os investigadores, os executivos e contadores, assim como instituições financeiras e escritórios de advocacia, que à época trabalhavam para a companhia, foram, de alguma forma e em diferentes graus, responsáveis pelo colapso da empresa.

Em razão de uma série de escândalos financeiros coorporativos, como o da Enron, foi redigida a lei Sarbanes-Oxley, em 2002 ."
fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Enron

Alguns executivos da Enron, assim como Arthur Andersen, sabiam o que estava ocorrendo, isto é, possuiam tal informação, enquanto diversos funcionários da própria empresa acreditavam que esta realmente era uma empresa idônea e que apresentava ótima saúde financeira. Quando "explodiu" o escândalo Enron muitos de seus funcionários ficaram realmente surpreendidos, alegando que não tinham conhecimento algum sobre os fatos que estavam sendo expostos. Tal ponto revela Assimetria de Informação dentro de uma mesma empresa, alguns gestores não transmitiam a informação extremamente relevante pois era de interesse deles manter sigilo sobre o assunto.


Grupo 12: Clara Verdier, Fabiana Lang, Fernanda Jaquetto e Isabela Bara

O grupo gostaria de fazer um comentário adicional sobre a Assimetria de Informação discutida acima. Vale ressaltar que quando ocorre esta assimetria, a informação não está igualmente ditribuída dentro da organização. Aqueles com mais poder têm mais acesso a informações, devido ao conteúdo confidencial de certas mensagens. Apesar de não ser "justo", a assimetria é a realidade do mundo.