Gerindo as mudanças >>>.Capítulo 10


O capítulo, denominado Conhecimento e Aprendizagem, aprofunda-se nestes últimos dois pontos com o objetivo de que o administrador reconheça a importância das idéias, significados, entendimento comum e as interpretações mais diversas no contexto empresarial. Sem uma boa gestão do conhecimento e foco na aprendizagem, a organização não se desenvolve e acaba recaindo no re-trabalho, ou seja, perde tempo, e, hoje em dia, tempo é dinheiro, por tanto, conhecimento e aprendizagem é um tema extremamente relevante para o futuro de qualquer pessoa do ramo da administração e gestão. Por fim, é de senso comum que gerir mudanças de maneira efetiva e focada pode agregar inúmeros benefícios e valor dentro da organização.
Resumidamente, podemos definir os dois conceitos que compõe o título desta página:

  • Conhecimento: é um estoque de idéias, um local onde se armazena tudo aquilo que já foi necessário dominar um dia passado; composto por idéias, significados, entendimentos e explicações de como as variáveis que englobam o mundo da organização funcionam. Adquire-se conhecimento, através da experiência ou educação.
  • Aprendizagem Organizacional: esta só ocorre quando o conhecimento dos membros é explícito e interpretado claramente pela organização e os entes que a compõe. É um processo de detecção de erros e a conseqüente correção destes.
Percebe-se que Conhecimento e Aprendizagem são extremamente ligados. Existem dois tipos básicos de conhecimento, que são o conhecimento explícito ou o tácito.
o Conhecimento Tácito: é o conjunto de informações e entendimento adquirido ao longo da vida do indivíduo porém que é subjetivo e inerente a cada um, sendo difícil articulá-lo e explicá-lo por meio de aula. A convivência é, possivelmente, a melhor forma de transmiti-lo, de maneira informal e delongada. A bagagem intelectual e cultural, capturada com a experiência de vida, é o que forma este conhecimento.
o Conhecimento Explícito: é, também, um conjunto de informações e conhecimento, porém denominados e registrados de forma mais formal e clara de tal maneira que é simples de ser explicado, comunicado e articulado. Uma aula, um wiki de organizações, são exemplos deste tipo de conhecimento.
A respeito de aprendizagem, esta é importante na medida que só ocorre de maneira positiva nas organizações que se mostram abertas a inovação, às críticas e capazes de abandonar velho hábitos para tornar-se mais eficiente. Ou seja, as organizações não pode ser “teimosas”.
Por fim, temos que levantar o ponto da comunicação e do sensemaking , fatores extremamente importantes para que o conhecimento e aprendizagem tornem-se características das empresas. Se não souber comunicar o conhecimento, gerindo propriamente através de canais e conteúdo específico, não ocorre aprendizagem, e, conseqüentemente, a organização fica estagnada. O sensemaking, ainda, impacta de maneira muito mais ampla, atuando para o alinhamento e a criação de sentido dentro da organização como um todo. Para saber mais, clique nos links deste parágrafo.
___

Colaboração do grupo 9

É comum escutarmos que a atualização profissional, por meio de leituras, congressos, palestras, cursos, é de extrema importância para que a instituição onde nós trabalhamos esteja alinhada com a atualidade. Adquirir conhecimento significa estar de acordo com que o mercado atual procura: profissional bem atualizado capaz de contribuir com novas idéias e introduzi-las dentro da organização. Passar esse conhecimento adiante, por meio de uma comunicação eficaz, também contribui para que a organização receba o máximo de contribuição possível. É importante destacar que a instituição precisa estar alinhda e focada em um objetivo e que todos que participam dela devem trabalhar para isso.